sábado, 10 de junho de 2017

Vice-Decano do Sacro Colégio


Ao Colégio dos Cardeais preside o Decano e, quando impedido, faz as suas vezes o Vice-Decano. Vagando o ofício de Vice-Decano, os Cardeais com o título de uma Igreja suburbicária, e só eles, sob a presidência do Decano, se estiver presente, ou do mais antigo, elejam um deles para desempenhar as funções de Vice-Decano do Colégio; apresentem o nome ao Romano Pontífice, ao qual compete aprovar o eleito. O Vice-Decano, se não tiver domicílio em Roma, adquira-no aí (cf CIC - cân 352, §§ 1, 2, 3 e 4)

Desde 10/06/2017 o Vice-Decano do Sacro Colégio dos Cardeais é Sua Eminência Reverendíssima o senhor Giovanni Battista Cardeal Re, Bispo da Igreja Suburbicária de Sabina-Poggio-Mirteto.



Nascimento: 30/01/1934, em Borno - Itália.
Educação: Seminário de Brescia (filosofia e teologia); Pontifícia Universidade Gregoriana (doutorado em direito canônico); Pontifícia Academia Eclesiástica.
Sacerdócio: 3/03/1957 para a Diocese de Brescia.
Ministério Pastoral: professor; trabalhos paroquiais; serviço diplomático da Santa Sé.
Episcopado: 7/11/1987 como Arcebispo titular e nomeado Secretário da Congregação para os Bispos e do Colégio dos Cardeais; nomeado Substituto para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado em 12/12/1989; promovido a Prefeito da Congregação para os Bispos em 19/09/2000; renunciou à Presidência do mesmo dicastério em 30/06/2010.
Cardinalato: 21/02/2001 com o título dos Santos XII Apóstolos; promovido a Cardeal Bispo de Sabina-Poggio Mirteto em 1º/10/2003. Eleito Vice-Decano do Colégio Cardinalício em 10/06/2017.

Participou dos conclaves que elegeram os papas Bento XVI e Francisco.
Perdeu o direito de eleger o Pontífice Romano em 30/01/2014, quando completou 80 anos de idade.

As funções atribuídas ao vice-decano durante a vacância da Santa Sé, quando tem de substituir o decano, serão desempenhadas pelo cardeal eleitor mais antigo, segundo a ordem habitual de precedência. Em 28/06/2018 estas atribuições recairiam sobre S. Emª Revma. o senhor Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário